#Book: A Parisiense

“O estilo nem por sombra corresponde a um simples culto da forma, mas, muito longe disso, a uma particular concepção da arte e, mais em geral, a uma particular concepção da vida.”

Leon Tolstoi

Construir um estilo próprio é algo muito especial, primeiramente porque faz com você se sinta bem com você mesmo, também porque acaba por ser uma forma de expressão, porém a construção desse estilo não é da noite para o dia e também não segue uma linha certa.

Estava eu em busca de um manual de estilo, inicialmente para que a rotina agitada que tenho se tornasse mais fácil com técnicas para escolha de roupas, calçados ou acessórios. Encontrei esse que por sinal me ajudou com muito mais do que eu estava esperando.

capa

O livro A Parisiense, vem recheado de dicas sobre as vertentes de subdividem o estilo, o sumário vem assim:

sumario

Achei extremamente interessante pois sim Ines dá muitas dicas de combinação e até de receitas, porém muito mais que isso ela te inspira a pensar, a ver o que você realmente gosta, o que realmente te faz sentir confortável, ela instiga de certa forma você a ser a melhor versão de você mesmo, inclusive muitas das dicas batem na tecla da economia de tempo, com cabelo, com pele,  com casa, com comida,  para que esse tempo seja investido em momentos de qualidade de vida.

Ines de La Fressange usa a filha nas fotografias as quais são realmente inspirantes, pois a formação dos looks é compostas com peças bem cotidianas.

look2look

Encontrei também algo que me ajudou ao extremo que foi como arrumar a mala, no livro esse tema vem explicando quais são os itens indispensáveis em uma viagem, e o interessante é que nesse mesmo capitulo vem narrando um evento ou uma situação e o que vestir nelas (S.O.S. O que vestir, quando)

malas

Ainda encontramos várias listas como produtos de maquiagem indispensáveis, perfumes, decoração, infantil, sapatos e algumas rotinas que a autora segue e compartilha no livro.

produtos

Minhas considerações finais, são de que o livro é excelente, porém ele te mostra a maneira de pensar, se sua preferencia for um real manual para seguir a risco, muito provavelmente ele não vá atender suas necessidades, as minhas foram atendidas e esse tem sido um livro de cabeceira para consulta diária.

Um sorriso e um beijo ruivo para vocês!

 

Assinatura_blog

 

 

#Destino: Santiago/Chile

“Nos lugares novos, onde as sensações não estão amortecidas pelo hábito, revigoramos.”

 Marcel Proust

        E como revigoramos, sair da zona de conforto, enfrentar o novo de coração e mente aberta é um jeito maravilhoso de nos fazer evoluir, crescer, conhecer mais do mais de nós mesmos.

Hoje o post é sobre duas paixões: Viajar e o Chile, lugar magnifico por sinal com desafios e atrações para todos os gostos. Todas as características de grandes metrópoles bares, baladas, shoppings e pubs, para os mais culturais museus, restaurantes típicos, feiras artesanais, para os mais tranquilos passeios de bicicleta por algumas vinícolas ou mesmo pelo centro da cidade, e para os aventureiros o Vale Nevado reserva alguns esportes mais radicais.

Desde a primeira viagem a esse lugar incrível a paixão tomou conta do meu coração, por ser assim vou contar de pouquinho em pouquinho, pois sei que é um destino bem procurado.

  image1 (1).JPG

Então aguarde muito mais.

Um sorriso e um beijo ruivo pra você.

Assinatura_blog